quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Dicas para a confeção dos porta moedas/bolsas com fecho metálico

4 comentários




Olá, boa noite!

A propósito do meu penúltimo post, onde mostrei os porta-moedas de fecho metálico que ofereci como lembrança de Natal a algumas amigas, resolvi hoje partilhar com vocês algumas dicas que poderão ajudar na sua confeção.
Estes porta-moedas com um aspecto vintage estão definitivamente na moda e sei que há muitas pessoas interessadas em aprender em fazê-los. As dicas que agora vos trago são o resultado de muita aprendizagem pela técnica de "tentativa, erro, desfazer, fazer de novo" que é a única que conheço pois nunca tive qualquer formação na área.  Embora requerendo muita paciência, posso garantir-vos que esta técnica acaba por dar os seus frutos.
Então cá vão alguns pormenores que podem fazer a diferença:

1. Esta é  apenas para as principiantes:
Existem 2 tipos de fechos: os que apresentam orifícios (podem ser cosidos ao tecido) ou os que não os apresentam (a fixação ao tecido tem que ser feita por colagem)
http://www.google.com/imgres?hl=en&sa=X&tbo=d&biw=1511&bih=714&tbm=isch&tbnid=rpaTHbcLvw00jM:&imgrefurl=http://ogatohobby.com/fechos-metalicos/367





A minha preferência recai pelos primeiros mas sei que os sem orifícios são também muito utilizados.

2. Existem fechos com inúmeras formas (rectangulares, de cantos arredondados, redondos, e outros com formas menos regulares) e de diferentes tamanhos.



A dimensão mais importante é esta: o comprimento entre as dobradiças, pois vai determinar qual a largura do porta moedas ou bolsa na zona onde é aplicado o fecho ( o fecho da figura tem 18cm de largura - serve para uma bolsa)

3. O fecho que irá ser utilizado desempenha um papel crucial no desenho do molde do porta-moedas. Assim o molde da parte superior do porta-moedas deve ser feita colocando o fecho em cima de um papel e contornando-o exteriormente. É muito importante que esta parte seja feita com precisão, caso contrário a parte do tecido não se adaptará bem ao fecho.

4. O molde da parte inferior ficará ao vosso critério (a largura da parte inferior do molde pode ser igual ao comprimento entre dobradiças ou mais larga). A base poderá ser reta, como neste

ou arredondada, como nos 2 seguintes:



 5. Com o molde feito há que escolher os tecidos (da parte exterior e do forro) e desenhá-lo sobre eles. 
6. Cortar ambos os tecidos e confecionar as 2 bolsinhas (a do tecido exterior e a de forro)


Na bolsinha de forro deve-se deixar uma abertura com cerca de 5cm (na costura inferior ou numa das costuras laterais - prefiro esta segunda opção) para depois poder virar a bolsa.

7. Meter uma bolsinha dentro da outra de modo a que o "direito" do forro fique de frente para o "direito" do tecido exterior. 
Coser a costura superior (unindo o forro com o tecido exterior) respeitando a forma do fecho (eu costumo traçar esta linha com giz no tecido de modo a não ocorrerem erros. Este é um ponto muito importante e se correr mal vai comprometer o encaixe do tecido no fecho.

Depois de feita a costura há que virar a bolsa (por aquela abertura que deixamos no forro, lembram-se....) de modo a que fiquem os "direitos" do forro e do tecido voltados para fora.
Atenção: há que ter cuidado e fazer esta manobra com paciência para não danificar a costura do forro!
 Deve ficar assim (o tecido  encaixa perfeitamente no fecho)! 
Há moldes destes porta-moedas nos quais a parte do tecido fica mais larga do que o fecho e o tecido é depois franzido. Pessoalmente mas gosto muito desta opção mas respeito quem a utiliza pois é uma questão de gosto.

8. Estamos na etapa final:
Se escolheu um fecho de colar - então vamos lá! Utilize uma boa cola de tecido, coloque-a na ranhura do fecho e cole (não exagere na quantidade para não ficar com o tecido sujo!)

Se o seu fecho tem orifício então selecione uma linha resistente e é só cozer. Procure fazer os seus pontos de modo que fiquem escondidos pela aba metálica do fecho (na parte interior do porta-moedas). Não espere que fiquem bem logo à primeira tentativa! Os meus "primeiros" também não ficaram, mas é uma questão de prática!

9. "Last but not least": Se a primeira tentativa não correr bem NÃO DESISTA! O próximo ficará melhor.....
Pratique! Pratique! Pratique! 

Espero que estas minhas dicas tenham ajudado.

Obrigado pela visita!










terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Natal é.......

0 comentários



Para mim o Natal não é: 
- A fúria consumista que nos parece invadir a todos na proximidade desta época.
- A corrida apressada por entre prateleiras e expositores de todas as lojas do centro comercial,  na demanda DAQUELE PRESENTE que "temos de comprar" para o avô, a tia, a sogra, o cunhado, a prima......... porque .... porque É NATAL e no Natal é suposto darmos presentes!

Para mim o Natal é:
A partilha do momento,
a alegria entre famílias,
os abraços apertados,
a saudade dos que partiram e deixaram nuvens de lembranças...



 o Natal está mesmo, mesmo a chegar.....

Que nesse dia não pensemos só nos presentes mas sim no verdadeiro significado data...



Uma linda noite de Natal para todos!
Beijinhos!!!!!




sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Presentes de Natal

0 comentários
Olá, boa noite!

Já só faltam 3 dias para o Natal.......
Importa dizer que para mim o Natal é sobretudo um momento de partilha de afetos.....
Para quem utiliza o artesanato como meio de expressão penso que não haverá nada melhor para concretizar essa partilha que substituir os muitas vezes impessoais presentes de Natal por um objecto realizado por si. Cada um destes objectos transporta um bocadinho de quem o realizou, da criatividade, dedicação e porque não dizer, do amor que colocamos na realização de cada peça!

Este ano decidi oferecer algumas pequenas lembranças "handmade", tal como este porta-moedas que agora vos mostro:



Em todas as peças que vou fazendo procuro dedicar uma atenção especial aos pormenores de acabamento:

( aqui está a parte de tecido pronta para aplicar no fecho - ainda não foi cosida-,e, como podem, o tecido encaixa perfeitamente na curvatura da  estrutura metálica - este pormenor permite obter um acabamento de boa qualidade)
Como eu li algures "handmade" não deve significar "homemade"( assumindo que "homemade" designa que o artigo tem um aspecto "menos profissional") e por isso há que caprichar nos pormenores!

( a base do porta-moedas com os cantos tipo "caixa de leite")

A decoração de cada peça foi também alvo de um cuidado particular:





Agora todos ( ou quase) perfilados a fazerem pose para a fotografia :



Agora é só esperar que quem os recebeu goste tanto deles como eu de os fazer!

Muito obrigado pela visita!












quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Casinha florida

2 comentários
Olá, boa noite!

Em contagem decrescente para a noite de Natal venho mostrar-vos uma casinha muito florida que é nada mais, nada menos que um mealheiro.
Na realização deste projeto utilizei uma casinha de MDF que foi pintada e, posteriormente decorada com aplicações de massa de modelar (floreiras e vasinhos que fiz utilizando formas de plasticina) , feltro, flores de EVA, e uma borboleta de arame.









Os tempos de crise económica que vamos vivendo trazem um incentivo suplementar à poupança e é de pequenino que se começa......
Esta casinha- mealheiro que serve também de objeto decorativo e já viajou para o quarto da Lara.

Muito obrigado pela visita!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Experimentando os papéis....

0 comentários
Olá, boa noite!
Sejam bem vindos!

No post de hoje irei mostrar-vos o resultado das minhas últimas experiências no mundo dos papéis.
As molduras com monogramas, tão em voga no início do séc. XX, parecem querer agora ressurgir. Tenho-as visto incluídas em apontamentos de decoração de quartos de dormir, salas, escritórios etc. Nesta nova versão, as linhas do bordado com que habitualmente era realizada a inicial do nome deram lugar a outros materiais como o gesso, a madeira, as resinas ou o papel.

E foi com papel que realizei este moldura com um monograma que será presente de Natal de uma amiga da minha irmã.


Utilizei papeis de vários tipos para fazer o fundo (tons de cinzento muito claro),  as flores, as folhas, a letra do monograma e a mensagem que está impressa no canto inferior direito.




Será que a destinatária vai gostar do presente?

Muito obrigada pela visita!
Voltem sempre!



 

Gracinhas Artesanato Copyright © 2012